A Arte de Ser Lusíadas é uma exposição que valoriza outros talentos

Obras de arte criadas pelos colaboradores das Unidades Lusíadas, distribuídas por todo o país, ficam patentes para visita até 9 de novembro.

No mês de agosto, o Hospital de Cascais desafiou os Colaboradores Lusíadas Saúde com veia artística a partilharem a arte que produzem para lá das suas vidas profissionais. O resultado está em exposição no átrio principal do Hospital de Cascais, onde foi inaugurada a exposição A Arte de Ser Lusíadas, que conta com participações de nove colaboradores de diversas áreas, clínicas e não-clínicas, das Unidades Lusíadas de norte a sul do país.

Esta é uma iniciativa que, nas palavras de José Bento e Silva, Presidente do Conselho de Administração do Hospital de Cascais “pretende valorizar os talentos e passatempos dos Colaboradores Lusíadas” acrescentado, que o hospital se orgulha “em poder servir de epicentro a este tipo de dinâmicas e iniciativas, queremos que seja um lugar de encontro, onde somos muito mais do que profissionais de saúde“, destacando o envolvimento dos profissionais da Unidade, nomeadamente a curadora voluntária Lídia Reis, médica no mesmo hospital, que é também artista plástica.

Inauguração da Exposição e entrega das menções. Foto: Divulgação

A inauguração contou com a entrega de três menções honrosas aos melhores quadros, bem como um certificado de participação a todos os participantes. A primeira menção honrosa foi atribuída a José António Manso Ramos, médico do Hospital Lusíadas Porto. A segunda foi atribuída a Carlos Galvão Rodrigues, do front-office do Hospital de Cascais, e a terceira menção honrosa foi para Telma Cabrita Palma, enfermeira do Hospital Lusíadas de Albufeira.

A Arte de Ser Lusíadas ficará em exposição nas lojas da entrada do Hospital de Cascais até dia 9 de novembro, aguardando a visita de todos os apreciadores da arte. Confira algumas das obras que estão patentes na exposição A Arte de Ser Lusíadas:

José António Manso Ramos
Obra de José António Manso Ramos, Pediatra dos Cuidados Intermédios, do Hospital Lusíadas Lisboa. Foto: Divulgação

 

Obra de Carlos Jorge Hilário Galvão Rodrigues, do Serviço Anatomia Patológica, do Hospital de Cascais. Foto: Divulgação

 

Obra da curadora Maria Oliveira Reis, do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia – Hospital de Cascais. Foto: Divulgação

 

Obra de António Bessa Monteiro, Coordenador da Unidade de Cirurgia Pediátrica do Hospital Lusíadas Porto, do Hospital Lusíadas Porto. Foto: Divulgação

 

Obra de Telma Filipa Cabrita Palma, do Serviço de Consulta Externa – enfermagem, da Unidade Lusíadas Albufeira. Foto: Divulgação

 

Obra de Maria Inês Soares, da Gestão Hoteleira, do Hospital de Cascais

 

A Arte de Ser Lusíadas

Obras dos artistas Andreia Sofia Mendes de Oliveira, António Bessa Monteiro, Carlos Jorge Hilário Galvão Rodrigues, José António Manso Ramos, Maria Inês Soares, Maria Oliveira Reis, Sónia Alexandra Lourenço Loreti, Susana Florinda Soares Monteiro e Telma Filipa Cabrita Palma.

Patente até 9 de novembro, no Hospital de Cascais.

Av. Brigadeiro Victor Novais Gonçalves​

2755-009 Alcabideche – Cascais

Coordenadas GPS: 38°43’47.4″N 9°25’05.7″W