EDIÇÃO VINTAGE DA TAITTINGER COM SEBASTIÃO SALGADO

Sebastião Salgado
sebastiao-salgado-champanhe
Taittinger Collection Sebastiao Salgado 2008 (Lançamento – 2016)

A Casa Taittinger traz uma edição limitada pra lá de especial do seu mais seletivo champanhe. A empresa francesa convidou o fotógrafo brasileiro, e mundialmente aclamado, Sebastião Salgado, para estampar uma de suas fotos no rótulo da série especial da marca de champanhe. O lançamento no Brasil ocorreu na mansão do arquiteto Paulus Magnus, no bairro dos Jardins na capital paulista, no último dia 26 de outubro. No décima quarto (14ª) lançamento de sua coleção vintage, a Taittinger apresenta sua edição limitada com a imagem de um leopardo capturada por Salgado. Para manter o status de luxo e exclusividade da sua versão vintage, a marca francesa lançou nos últimos trinta e três (33) anos somente quatorze edições do seu champanhe especial. Na verdade foram treze (13) pois, apesar de contabilizar a décima terceira edição, a Taittinger  não lançou nem uma garrafa de seu champanhe vintage com o número treze (13) por questões de superstição.

Salgado é o primeiro artista brasileiro a ser convidado pela marca e o responsável pelo rótulo da décima quarta (14º) ediçao. A foto escolhia foi tirada no Vale do Rio Barab em Damaraland, Namíbia, em 2005. A foto selecionada faz parte da série Gênesis, uma homenagem ao planeta e a vida na Terra lançado em 2013 pelo fotógrafo. A garrafa foi concebido em preto com escrita branca para formar uma composição ideal com a fotografia de Salgado.

sebastiao-salgado-leopardo
Foto de Sebastião Salgado das sequencia do leopardo tirada na Namíbia e parte da série Gênesis

As imagens preto e branco de Sebastião Salgado possuem uma iluminação barroco que nos hipnotiza e despertar a nossa consciência. Nascido em 8 de Fevereiro de 1944 em Aimorés, no Brasil, Sebastião Salgado decidiu aos 29 anos de idade, largar a carreira de economista para se dedicar a fotografia. Autor da famosa foto do ex-presidente norte americano Ronald Reagan sendo baleado, Salgado possui trabalhos antológicos, obras fotográficas magníficas como Serra Pelada (1999), Êxodos (2000), Gênesis (2013) para citar alguns. Em 2015 o fotógrafo lançou Perfume de Sonho, um livro composto por 12 anos de observação e captação de imagens em 10 países diferentes registrando plantações cafeeiras e o dia a dia nos cafezais.

Para um gigante da arte e da fotografia, nada mais justo que um vinho diferenciado e de alta qualidade. O Taittinger Collection Sebastiao Salgado 2008 é produzido apenas com vinhos de primeira prensa e é composto por 50% Chardonnay e 50% Pinot Noir, uvas colhidas em sua maioria na região de Grand Crus em Montagne de Reims e nas fronteiras do Vallée de la Marne. Um champanhe feito em quantidades limitadas e composto somente de safras excepcionais. Para quem tiver um bom orçamento para investir nesta “obra”, saiba que uma garrafa sai em média por 160 euros.

A primeira versão da série vintage da Taittinger, lançada em 1983, trouxe o pintor e escultor húngaro, radicado na França, Victor Vasarely, considerado o pai da “OP ART”. Com uma safra datada de 1978, o champanhe possui um rótulo gráfico de estética Op Art (ou arte óptica), movimento artístico dos anos 60 que trabalhava com ilusões ópticas matematicamente precisas, que muitas vezes parecem estar se movendo. Sebastião Salgado e Victor Vasarely são dois dos treze artistas e designers que produziram rótulos para a série vintage da Taittinger. O surrealista francês André Masson e artista pop americano Robert Rauschenberg também já assinaram o rótulo do champanhe vintage da Casa Taittinger.

arte-351-sebastiao-salgado-003

1º – Vasarely Vintage 1978, released 1983 | 2º – Arman, Vintage 1981, released 1985 | 3º – Masson, Vintage 1982, released 1987 | 4º – Da Silva, Vintage 1983, released 1988 | 5º – Lichtenstein, Vintage 1985, released 1990 | 6º – Hartung, Vintage 1986, released 1992 | 7º – Imai , Vintage 1988, released 1994 | 8º – Corneille, Vintage 1990, released 1996 | 9º – Matta, Vintage 1992, released 1998 | 10º Zao Wou Ki, Vintage 1998, released 2003 | 11º – Rauschenberg, Vintage 2000, released 2007 | 12º – Sow, Vintage 2002, released 2011 | 13º – Não foi produzida a 13º edição. Os proprietários da marca, por superstição, decidira não lançar | 14º – Salgado,Vintage 2008, released 2016

 

O conceito de unir a arte aos lançamentos produtos provou ser um sucesso o que fez a marca francesa manter o conceito para comemorar suas safras especiais. A coleção Taittinger Vintage continua a ser um dos lançamentos mais aguardados. As garrafas são verdadeiras obras de arte, peças impressionantes que atraem não só o ávido colecionador mas aqueles que procuram um algo incomum e memorável. Mais informações no site da Taittinger: http://www.taittinger.com/

Vídeo de lançamento do Taittinger Collection Sebastiao Salgado 2008

Coluna – Marco Monteiro 
Marco Monteiro, brasileiro, Natal, RN, Brasil, 1975. Artista, designer, arqueólogo, ecritor e pesquisador, autor do livro didático “Artes Visuais – 2º Período” (História da Arte – Editora Geração Digital – Brasil – 2013) co-editor do “Arte351 Magazine” e Doutorando em Teoria e História da Arte. www.mmonteiro.com

Deixe uma resposta