OS SEM GALERIA

Juliano Moraes

O Salão dos Artistas Sem Galeria, promovido pelo Mapa das Artes, já em sua 8ª edição, e em cartaz na Galeria Sancovsky, Pinheiros, São Paulo, SP, só foi possível graças à confiança dos 194 artistas inscritos, pois eles acreditaram na necessidade e nos benefícios de um projeto inusitado. Eles aceitaram pagar uma taxa de R$140,00 em favor de um evento coletivo, já sabendo que beneficiaria especialmente dez deles, mas daria oportunidades a todos, como a possibilidade de ter seu portfólio visto por três jurados renomados.

A adesão desses artistas a um projeto simples, mas ousado, é a prova que, com trabalho, organização e criatividade, é possível criar alternativas democráticas para a exibição, divulgação, documentação e comercialização da produção artística contemporânea. E assim driblar qualquer crise política ou econômica.

Vale sempre lembrar que o Salão dos Artistas Sem Galeria não é um evento destinado apenas a jovens artistas, mas sim a artistas de todas as idades que, por uma razão ou outra, não estejam representados por alguma galeria em São Paulo, cidade que, infelizmente, ainda monopoliza o mercado.

Gunga Guerra

O Salão agradece o júri desta 8ª edição, formado por Adriana Duarte, Paula Alzugaray e Rodrigo Editore, e toda a equipe do Mapa das Artes. Agradece ainda o apoio das galerias Zipper e Sancovsky (ambas de São Paulo), Orlando Lemos (de Belo Horizonte), Potrich (Goiânia) e Patricia Costa (Rio de Janeiro), que exibirão as obras dos dez artistas selecionados e que, juntas, transformaram este evento no Salão mais itinerante do Brasil.

Celso Fioravante/Editor do Mapa das Artes

 

Deixe uma resposta