“WHOSE FEMINISM IS IT ANYWAY?” até dia 26 em NY

m_monteiro_003_004Abordando a temática LGBT no contexto político e de busca por direitos, a artistas plásticas americana Andrea Bowers apresenta dês de 16 de fevereiro na Andrew Kreps Gallery em NY a exposição “WHOSE FEMINISM IS IT ANYWAY?“.

A revolução de gênero é um dos principais assuntos da sociedade moderna. A libertação transgênero, o embate contra o preconceito e o ativismo político são os “temperos” presentes na mostra de Bowers. A exposição apresenta banners feitos de fitas cor de arco-íris, cartaz feito à mão em uma folha encontrada de papelão com impressos do Dia Internacional da Mulher em Cuba, desenhos em grafite, material impresso de uma manifestação da TransLatina Coalition ocorrida em Los Angeles em 2015, além de fotografias, gravuras, pinturas e instalação. “Continua o meu interesse no trabalho das ativistas que dedicam suas vidas a justiça social através da ação direta e protesto não-violento. Esta exposição começa um novo projeto que documenta mulheres ativistas trans levadas a tomar ações diretas de desobediência civil.” assim define resumidamente o conteúdo inspirador das obras presentes na mostra.

Vivendo e trabalhando em Los Angeles, Andrea Bowers vem ganhando notoriedade dentro da cena artística americana. Seu currículo apresenta uma série de exposições em importantes museus e galerias ao redor do mundo, como o Espace Culturel Louis Vuitton (Paris – França), Pomona and Pitzer College Museum of Art (Claremont – EUA), The Hammer Museum of Art em Los Angeles, MoMA de Nova York, Museu Hirshhorn e Sculpture Center em Washington DC, entre outros.

WHOSE FEMINISM IS IT ANYWAY?” estará em exibição na Andrew Kreps Gallery em Nova Yorque (EUA), somente até o próximo dia 26 março. Aos amigos que estão pela Big Apple, vale uma passada para conferir o belo trabalho de arte-ativista de Andrea Bowers.

Instalação, Andrew Kreps Gallery – Reprodução: Andrew kreps Gallery

 

Intl. Women’s Day (Illustration by Heriberto C. Echeverria Del Pozo, Cuban Communist Party Publishers, 1972) – Reprodução: Andrew kreps Gallery
Vista da exposição – Reprodução: Andrew kreps Gallery
avatar_marco_monteiroColuna – Marco Monteiro | Fonte: www.andrewkreps.com
Marco Monteiro, brasileiro, Natal, RN, Brasil, 1975. Artista, designer, arqueólogo, ecritor e pesquisador, autor do livro didático “Artes Visuais – 2º Período” (Colégio Sigma | Editora Geração Digital – Brasil – 2013) co-editor do “Arte351 Magazine”. www.mmonteiro.com

One Reply to ““WHOSE FEMINISM IS IT ANYWAY?” até dia 26 em NY”

  1. It’s good to see someone thnnkiig it through.

Deixe uma resposta