Última semana do Festival de Almada com programa a não perder

O Festival de Almada entrou na sua última semana mas ainda há muitos espectáculos, colóquios e exposições, a que pode assistir.

Nesta última semana ainda pode assistir a Um gajo nunca mais é a mesma coisa, (espectáculo em estreia da CTA) até dia 25, na Sala Experimental do TMJB, e Discurso sobre o filho-da-puta, (Teatro da Rainha) até dia 23, no Teatro-Estúdio António Assunção.

Entram em cena esta semana os belgas, Needcompany, com a grande actriz Viviane de Muynck que nos traz Molly Bloom, (último capítulo de Ulisses, de James Joyce) até dia 25, no Salão de Festas da Incrível Almadense.

No Cine-Teatro da Academia Almadense pode ver, Miguel Molina al desnudo, pela companhia espanhola Lazona de 21 a 25 (a vida do mítico génio do flamenco Miguel Molina, 1908-1993).

O Teatro do Vestido apresenta no Fórum Romeu Correia, de 22 a 25,  Viagem a Portugal, texto e direcção de Joana Craveiro (teatro de forte feição investigativa e documental).

Ainda no Festival de Almada, na Sala Principal do TMJB, de 23 a 25, pode ver Lorenzaccio, de Alfred de Musset, com encenação, do muito premiado, recentemente nomeado para os Globos de Ouro, Rogério de Carvalho. (um espectáculo sobre uma cidade, um ser colectivo feito de inúmeras vozes, comunidade humana que a corrupção política destrói e divide).

No domingo, dia 25, último dia do Festival de Almada, exactamente antes do espectáculo Lorenzaccio, às 19h, ficaremos a saber quais são os vencedores dos Prémios de Jornalismo Carlos Porto, respeitantes aos artigos publicados sobre o Festival do ano passado. E, no final, qual vai ser o Espectáculo de Honra do próximo ano, decorrente da votação do público

Além dos espectáculos o Festival de Almada convida à conversa nos Colóquios na Esplanada, todos os dias até sexta-feira, às 18h, na Escola D. António da Costa, onde pode conversar com os criadores dos espectáculos. E, no sábado, no Seminário de S. Paulo, às 15h, o último Encontro comemorativo dos cinquenta anos da Companhia de Teatro de Almada, desta vez dedicado ao tema «O Teatro Azul» que corresponde ao período da CTA, a partir de 2006.

No dia 24, na Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, será inaugurada a exposição de Thomas Langley, Ghia Coupé, com curadoria de Filipa Oliveira.

Continua patente até ao final do Festival, no foyer do TMJB, a exposição comemorativa dos cinquenta anos da Companhia de Teatro de Almada: Uma árvore com espectadores à volta.

 

Espectáculos

 

Um gajo nunca mais é a mesma coisa

Texto e encenação de Rodrigo Francisco

ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve (Faro)

CTA – Companhia de Teatro de Almada (Almada)

Teatro Municipal Joaquim Benite – Sala Experimental

QUA – SEX 20:30 | SAB – DOM 18:00

 

Viagem a Portugal

 

Texto e direcção de Joana Craveiro

Teatro do Vestido (Lisboa)

Teatro Viriato (Viseu)

Fórum Municipal Romeu Correia – Auditório Fernando Lopes Graça

QUI – SEX 20:30 | SAB 15:00 e 20:30 | DOM 20:30

 

Molly Bloom

 

A partir do último capítulo de Ulisses, de James Joyce

Encenção de Viviane de Muynck e Jan Lawers

Needcompany (Bélgica)

Incrível Almadense – Salão de Festas

SEG – SEX 20:30

 

Discurso sobre o filho-da-puta

 

Texto de Alberto Pimenta e direcção de Fernando Mora Ramos

Teatro da Rainha (Caldas Rainha)

Miso Music (Lisboa)

Teatro Estúdio António Assunção

TER – SAB 20:30 | DOM 16:00

 

Miguel de Molina al desnudo

 

Texto de Ángel Ruiz e encenação de Félix Estaire

Lazona (Espanha)

Cine-Teatro de Academia Almadense – Auditório Osvaldo Azinheira

QUA – SAB 20:30 | DOM 16:00

 

Lorenzaccio

Texto de Alfred Musset e encenação de Rogério de Carvalho

Teatro do Bolhão (Porto)

Teatro Municipal Joaquim Benite – Sala Principal

SEX – DOM 19:00

 

Colóquios na Esplanada

Escola D. António da Costa, sempre às 18h.

 

Qua. 21/07

Rodrigo Francisco

Moderação Maria João Brilhante

Qui. 22/07

Ángel Ruiz

Moderação Rui Monteiro

 

Sex. 23/07

Joana Craveiro

Moderação Rui Pina Coelho

Encontro 50 anos CTA  

 

Sáb. 24/07

«O Teatro Azul» (a partir de 2006)

Com Carlos Vargas, Domingos Rasteiro e Américo Jones

Local: Seminário de São Paulo, às 15h. Rua Abranches da Câmara, nº1. Almada.

Exposições de Artes Plásticas

24/07 a 24/10

Ghia Coupé

De Thomas Langley

Local: Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea.

Até 25/07

Uma árvore com espectadores à volta.

Autoria: José Manuel Castanheira

Local: foyer do TMJB.

 Todas as informações em festival.ctalmada.pt