Eduardo Guerrero protagoniza “FAROL” em noite de flamenco

Bailarino de dimensão mundial, Eduardo Guerrero estreia-se, no próximo dia 26 de
Novembro, pelas 22 horas, no Salão Preto e Prata do Casino Estoril para protagonizar
“FAROL”.

Trata-se de um espectáculo de flamenco inspirado na poesia do farol,
criado por Eduardo Guerrero que percorreu alguns faróis de Espanha.
Eduardo Guerrero iniciou a tournée no norte de Espanha, no farol Asturiano “Faro de
Peñas”, tendo passado, posteriormente, pelo “Faro de la Cerda” em Santander. Já no
sul, passou pelo “Faro el Rompido” em Huelva e “Cabo Sacrafit” em Granada. Foi a
Levante, a Cartagena e a Tarragona e terminou no “Faro de Cádiz”, cujo farol
permanece nas primeiras recordações da sua infância.

Cenário de tempestades, esplendidos amanheceres, de partidas e encontros alegres,
testemunho de inumeráveis batalhas e celebrações mágicas, o farol acolhe o baile de
Eduardo Guerrero com a mesma naturalidade com que desfruta de espectaculares e
nostálgicos entardeceres.

Em “FAROL”, números musicais são intercalados com a dança de Eduardo Guerrero
de uma forma que o espectáculo vá em crescendo. Conciso e de cenografia branca, dá
protagonismo à cor do vestuário e das magníficas coreografias.
A esbeltez e a elegância de “FAROL” encaixam com a figura de Eduardo Guerrero,
como o mar e as ondas que ilumina.

 

Eduardo Guerrero (1983, Cádis) estuda Dança Espanhola no Conservatório de Dança
de Cádis, para mais tarde ampliar os seus conhecimentos de dança contemporânea
com David Greenall e de dança clássica com Monstserrat Marín.
Em 2002, começa a trabalhar com grandes artistas do panorama nacional, que
valorizam a sua inquestionável qualidade, a sua capacidade física e a sua técnica
refinada, interpretando papéis principais em: Companhia Eva Yerbabuena,
Companhia Rocío Molina, Ballet Espanhol de Múrcia e Companhia Antonio Canales,
entre outros.

Em 2011 com a sua própria coreografia “Mayo”, ganha o primeiro prémio do
Concurso Coreográfico de Conservatórios Profissionais.
Entre os numerosos prémios que asseguram a sua trajectória, é de destacar o primeiro
prémio de baile do prestigiado Festival de las Minas de la Unión 2013, o galardão
mais importante do flamenco, que consolidou a sua consagração. Em 2017, o seu
espectáculo “Guerrero” ganha o Prémio do Público, do Festival de Jerez.
É o momento deste grande bailarino que, com uma estética actual, um profundo
conhecimento da essência do flamenco, o talento, o físico poderoso e grande carisma,
triunfa onde dança. A crítica destaca a sua técnica e sapateado poderoso, as suas
voltas perfeitas e sobretudo, nunca perde a elegância, que é o seu selo de identidade.

 

O Casino Estoril recebe, no próximo dia 26 de Novembro, às 22h00, o bailarino
Eduardo Guerrero que sobe ao palco do Salão Preto e Prata para protagonizar o
espectáculo “FAROL”. M/6. Preço: 30€ a 40€.

Ticketline – As reservas podem ser efectuadas:
– Tel: 707 234 234 / www.ticketline.sapo.pt
– Info & Reservas ligue 1820 (24h).

Cumprindo as orientações emitidas pela Direcção-Geral da Saúde, será
obrigatória utilização de máscara bem como a compra de lugares individuais,
assegurando o distanciamento social. Será, ainda, interdita a entrada após o
início do espectáculo.

É de registar que o Casino Estoril foi distinguido com o certificado “Clean &
Safe” do Turismo de Portugal e aderiu ao serviço COVID OUT, Selo de
Confiança, Clean Surfaces Safe Places, emitido pelo ISQ.