Com entrada gratuita, Os Músicos do Tejo apresentam Handel

O concerto de Os Músicos do Tejo está dividido em parte que apresentam a profecia e o nascimento de Jesus, episódios da Paixão, culminando no coral “Aleluia” e o tema da Redenção.

É no Coliseu dos Recreios, pelas 19 horas desta sexta-feira (11), que Os Músicos do Tejo juntam-se ao Coro de Câmara Lisboa Cantat. O concerto tem a duração aproximada de 90 minutos e os bilhetes ficam disponíveis na Bilheteira do Coliseu, nos dias 8 e 10 de Dezembro, entre as 13h e as 19h30, e no dia do espetáculo a partir das 13h e até à hora da sessão.

 

Messias, de G. F. Händel

É uma das obras que toca a sensibilidade de quase todos os seres humanos com a sua genial espontaneidade. Uma obra que veicula um sentimento de abraço, de comunidade. Pelas suas melodias simples e tão sábias, pela sua dinâmica de contrastes e variedade sempre a chamar a atenção para a história e para os valores cuja profundidade e proximidade ali sentimos. Isto é tanto um fator que provém do compositor, como também do libretista – Charles Jennens – um rico mecenas, bizarro e culto que, com o seu conhecimento profundo das escrituras sagradas, escreveu com verve e paixão o libretto desta oratória que Handel pôs em música, numa espécie de transe criativo em apenas 24 dias.

Esta obra será apresentada pelo grupo Os Músicos do Tejo, uma formação, fundada por Marcos Magalhães e Marta Araújo, que já conta com uma carreira de década e meia, na qual já produziram cinco óperas (em parceria com o Centro Cultural de Belém), editaram outros tantos discos e apresentaram-se em nalgumas das mais prestigiadas salas, em Portugal e no estrangeiro. Das suas colaborações, destacam-se os projetos com o realizador Pedro Costa e com Ana Quintans e Ricardo Ribeiro, nomeadamente no espetáculo “Do Barroco ao Fado”, do qual resultou um álbum.

 

Programa Os Músicos do Tejo

Georg Friedrich Händel
Messias

1ª Parte – Apresenta a profecia e o nascimento de Jesus
Symphony
Comfort ye, My people
Ev’ry Valley shall be exalted
And The Glory Of The Lord
Thus saith the Lord
But who may abide the day of his coming
And He shall purify the sons of Levi
Behold, a virgin shall conceive
O thou that tellest good tidings to Zion
For behold, darkness shall cover
The people that walked in darkness
For unto us a Child is born
There were shepherds
Pifa (Pastoral Symphony)
And suddenly there
Glory to God in the highest
Rejoice greatly, o daughter of Zion
Then shall the eyes of the blind
He shall feed his flock
His yoke is easy

2ª Parte – Relata episódios da Paixão, culminando no coral “Aleluia”
He was despised
Surely He hath borne our griefs
And with His stripes we are healed
All we like sheep have gone astray
How beautiful are the feet
Why do the nations so furiously rage together?
Let us break their bonds asunder
He that dwelleth in heaven
Thou shalt break them
Hallelujah
Behold, I tell you a mystery
The trumpet shall sound

3ª Parte – Descreve o tema da Redenção.
Worthy is the Lamb… Amen

O Messias (HWV 56, 1741)
Libreto de Charles Jennens (1700-1773)
Música de Georg Friederich Handel (1685-1759)

Soprano – Joana Seara
Alto – Clint Van Der Linde
Tenor – Bruno Almeida
Baixo – João Fernandes

Os Músicos do Tejo
direção Marcos Magalhães e Marta Araújo

Violinos 1 – Mauro Lopes (concertino), Denys Stetsenko e Álvaro Pinto
Violinos 2 – Nuno Mendes, Lígia Vareiro e Romeu Madeira
Viola – Paul Wakabaiashy, Pedro Braga Falcão
Violoncelo – Roberto Alonso
Fagote – Catherine Stockwell
Contrabaixo – Pedro Wallenstein
Oboé 1 – Pedro Castro
Oboé 2 – Luís Marques
Trompete 1 – Bruno Fernandes
Trompete 2 – Steven Mason
Timpanos – Marco Fernandes
Cravo – Marta Araújo
Órgão – Sérgio Silva
Coro – Coro de Câmara Lisboa Cantat
Sopranos: Helena Carvalho Pereira, Orlanda Velez Isidro, Vanessa Yan; Altos: Alda Goes, Fernanda Gomes; Tenores: André Monteiro, Victor Pires; Baixos: João Pereira, Pedro Capitão, Ricardo Correia

Maestro do coro – Jorge Alves
Direcção Musical – Marcos Magalhães