Renato Rodyner é rótulo de vinho exclusivo Courelas da Torre – Pandemus

O artista foi convidado para retratar a edição limitada “Pandemus 2020”,  de produção biológica, concebida durante a pandemia.

As alterações climáticas estão a interferir os níveis médios de temperatura em todo o mundo, inclusive em Portugal. Eventos climáticos extremos danificam videiras e uvas, assim como secas prolongadas e tempestades de granizo. No concelho de Redondo, Alentejo, em meados do ano passado, as chuvas torrenciais e temperaturas elevadas abalaram os 12 hectares de vinha das Courelas da Torre.

A vinha sofreu um ataque de míldio nunca antes visto. Resistiram apenas 1.400 Kg de uvas tintas dando origem ao vinho biológico “Courelas da Torre – Pandemus 2020“. São 1.200 garrafas (numeradas) que coincidem com momentos históricos, a ‘pandemia’ na nossa vinha e a pandemia das nossas vidas.” descrito no rótulo da garrafa e em comunicado nas redes sociais da fabricante.

Foi a partir desse contexto, que o artista Renato Rodyner, convidado para participar na concepção do rótulo, desenvolveu a criação da obra de arte. O artista traduziu a situação e o momento histórico, iniciado com a Pandemia em 2020, com técnica mista sobre papel artesanal e diversos elementos simbólicos que agregam valor ao Courelas da Torre.

Foto: Renato Rodyner e Rui Falé (Courelas da Torre)

Pré Reserva Courelas da Torre – Pandemus 2020

São apenas 1200 garrafas numeradas que a Courelas da Torre lança este ano. A Agrovinaz Sociedade Agrícola Lda inicia a sua comercialização, sujeita a rateio, ao preço base de 50€ +iva.

O início da comercialização será a 1 de junho. Contudo, é possível pré reservar este vinho biológico (preço base 50€ +iva) entre 24 e 28 de maio, junto da Agrovinaz Sociedade Agrícola Lda.

Obra de Arte Pandemus

Através da percepção referencial dos traços, logo é possível identificar a assinatura de Rodyner. Os cachos de uvas, que resistiram ao ataque de míldio, são recebidos pela representação divina do vinho, o deus romano Baco (ou grego, Dionísio). A máscara está a dar nas vistas como símbolo do momento histórico pandémico em que as uvas e o vinho foi desenvolvido.

Quem não conseguir adquirir a obra de arte Pandemus, rotulada na garrafa do vinho Courelas da Torre, ainda tem uma oportunidade. A Rodyner Gallery disponibiliza a obra para venda numerada em serigrafia digital, então, são apenas 250 tiragens.

A Rodyner Gallery está situada no primeiro piso do Palacete, da Casa da Guia, em Cascais.