“De Portugal para o mundo” exibe 28 filmes para o público brasiliense

ccbb df

De 6 de julho a 15 de agosto, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) Brasília propõe um olhar de conjunto sobre a produção do cinema português produzido na última década. Com curadoria de Pedro Henrique Ferreira, a mostra “De Portugal para o mundo” traz ao público brasiliense uma seleção de 28 filmes, entre longas e curtas-metragens, dos mais aclamados cineastas portugueses contemporâneos.

De Portugal para o mundo” apresenta filmes de realizadores de projeção internacional, que já são considerados alguns dos mais conceituados diretores contemporâneos. A curadoria concentrou-se principalmente nas produções que obtiveram premiações e sucesso no exterior. É uma oportunidade de assistir a filmes emblemáticos, tais como “A portuguesa” (2019), de Rita Azevedo Gomes; “Tabu” (2012), de Miguel Gomes; “O estranho caso de Angélica” (2010), de Manoel de Oliveira; entre outros.

Os ingressos gratuitos serão disponibilizados no app ou site da Eventim no dia da sessão, a partir das 9 horas | Até 2 (dois) ingressos por CPF | Lotação: 30 lugares.

 

“De Portugal para o mundo” – confira programação da semana de estreia:

Terça-feira (6)

  • 20h: “Understory”, de Margarida Cardoso. Classificação indicativa: 12 anos

 

Quarta-feira (7)

  • 18h30: “E agora? Lembra-me”, de Joaquim Pinto. Classificação indicativa: 16 anos

 

Quinta-feira (8)

  • 16h: Bate-papo online com o diretor Manuel Mozos, de Ramiro, pelo aplicativo Zoom.
  • 19h30: “O ornitólogo”, de João Pedro Rodrigues. Classificação indicativa: 14 anos
Cena do longa-metragem “Ramiro”, do diretor Manuel Mozos. Filme faz parte da mostra “De Portugal para o mundo”, em cartaz no CCBB Brasília do dia 6 de julho a 15 de agosto. — Foto: Divulgação

 

Sexta-feira (9)

  • 19h30: “A árvore”, de André Gil Mata. Classificação indicativa: 12 anos

 

Sábado (10)

  • 20h30: Curtas: “O corcunda”, de Gabriel Abrantes e Ben Rivers. Classificação indicativa: 14 anos; “Ascensão”, de Pedro Peralta. Classificação indicativa: 16 anos; “Redenção”, de Miguel Gomes. Classificação indicativa: livre

Domingo (11)

  • 17h: Curtas: “Como Fernando Pessoa salvou Portugal”, de Eugene Green. Classificação indicativa: 14 anos; “O velho do restelho”, de Manoel de Oliveira. Classificação indicativa: 10 anos; “O mar enrola na areia”, de Catarina Mourão. Classificação indicativa: livre
  • 19h: “A portuguesa”, de Rita Azevedo Gomes. Classificação indicativa: 12 anos

 

Confira todo o programa AQUI.