Curtas premiados com Beto Coville disponíveis no Festin ON

Com acesso disponível em alguns países, até 30 de dezembro é possível conferir curtas com Beto Coville como a Margem e Transfugo.

De 15 a 30 de dezembro, a plataforma FestinOn disponibiliza gratuitamente uma coleção de quase 50 títulos selecionados para a 11ª edição do Festin, que representam países como Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Portugal. Dos oito filmes portugueses para esta edição, o actor Beto Coville participa de dois curtas metragens

Os filmes disponibilizados para visualização online podem ser acessados apenas desde sete territórios de língua portuguesa: Portugal, Cabo Verde, Moçambique, Angola, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, e Timor-Leste. Para assistir aos filmes, basta criar login e palavra-passe, aceder, escolher o filme e pronto!

Os dois curtas produzidos por Rodrigo Tavares, com o apoio da Câmara Municipal de Tabuaço, levou prémio a Beto Coville como melhor ator secundário em A Margem, no Festival Indiex Film, Los Angeles. Em Transfugo, o filme é premiado como melhor curta-metragem em língua Portuguesa, no Festival Portugal International Film. Confira as sinopses:

 

A Margem, com Beto Coville e Luisa Ortigoso

Maria, abriu mão de sua vida para cuidar de João, seu irmão, que devido a um acidente na infância vive em estado vegetativo. Doente, ela descobre que o tratamento a que se submeteu para curar o seu cancro não foi eficaz. Sozinha, sem perspetivas e no limite de suas forças, Maria tem que decidir como lidar com João, sabendo que se ela faltar, ele não consegue sobreviver sozinho.

Beto Coville premiado
Foto: Divulgação

 

Transfugo, com Beto Coville

Antônio volta à sua cidade natal para o enterro de sua mãe e é obrigado a enfrentar todos os fantasmas de seu passado, ao ter de cuidar doe seu pai, imobilizado por um derrame. Enquanto procura um lar para o Coronel Saldanha, um rígido oficial da marinha reformado que não aceitava o comportamento do seu filho, António vê-se na situação de cuidar do homem que ele julgava ser o responsável pela sua infelicidade. Nesse turbilhão de sentimentos, acompanhamos António no processo de exumação do seu passado.

Beto Coville filme premiado
Foto: Divulgação